Estudos

NAMORAR OU FICAR?

NAMORAR OU FICAR?

Namorar ou Ficar? A sociedade atual está em

profundo estado de mutação constante. Termos novos são criados, termos antigos são reinterpretados. Não há

verdades absolutas e sim opiniões e verdades particulares.

O que temos hoje é Jovens e

adolescentes estão sendo formados nesta sociedade mutante. Os conceitos aprendidos em família, por serem

frágeis e apenas nominais, não sobrevivem à avalanche de deseducação encabeçada pela mídia e pelos formadores

de opinião.

Até bem pouco tempo o namoro era algo pré-nupcial, com regras bem definidas e padrão

comumente aceito. Alguém, ao sentir-se atraído por outrem de sexo oposto, procurava-o, propondo-lhe

namoro.

Este consistia de encontros constantes, com diálogos sobre os dois, momentos de romance,

abraços e beijos limitados, com considerável reserva e planos para o futuro. Os encontros eram feitos na casa

da moça, com a presença de familiares, na sala, ou no portão, até às 22 horas no máximo.

*”Beatles”(* conjunto de rock-and-roll inglês, que revolucionou a cultura ocidental após a década de 60) e

o desenrolar do movimento “Hippie”(jovens americanos que lutavam pela liberação das drogas, extinção da

família e amor livre), o namoro sofreu grandes mutações. Seus limites foram ampliados.

Os

encontros passaram a ser em cinemas, pizzarias, clubes, etc, sem a presença de familiares. No seu bojo as

carícias íntimas e os atos pré-sexuais encontraram espaço livre. Como conseqüência, o número de jovens que se

casaram grávidas.

Na década de 80 a chamada *”AMIZADE COLORIDA” *entrou em ação. Tratava-se de

algo diferente do namoro. Rapazes e moças mantinham encontros libidinosos, com o compromisso de não terem

quaisquer compromissos!

Porém, uma nova modalidade de namoro surgiu. Como a adolescência é uma

idade instável, o desejo de independência provocou um novo tipo de relação: *FICAR *. Seja esperto, seja

jovem, seja atual, mas somente no que concerne à linguagem e socialização gerais; nunca às práticas nocivas.

“…Não sabeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus?

Jovens Deus tem um futuro muito bom pra

você. Tome boas decisões em sua caminhada.

Pais tenham um bom relacionamento com seus filhos

e ensine a eles a responsabilidade de um namoro.

Por Pb.Claudinei Modesto.

Pr.

Igreja Assembléia de Deus.

Sarandi Pr.

Cursando Bacharel em teologia pelo *CETAD*

Centro de estudo das Assembléias
de DEUS.

Professor de curso básico de teologia do IBEC

(Faxinal-Pr)

Professor de curso básico de teologia do IBADEP (Guaira-Pr)